Corto Maltese eleito banda desenhada do sÚculo

Um herói para a eternidade
Qual é a banda desenhada do século? A resposta era difícil, mas não foi preciso muito tempo para chegar a um herói consensual: por uma razão ou por outra, Corto Maltese obteve facilmente a unanimidade entre os seis membros de um júri, reunido em Paris por iniciativa do grupo francês de imprensa Comareg e do Festival de BD de Chambéry. O resultado desta votação, em que participou um jornalista do PÚBLICO, é anunciado hoje em França.

 

Ciber-escritas

BD em francês
Começamos por falar em Corto Maltese. Não porque a crónica lhe seja dedicada. Mas porque se vai falar da Europa e de banda desenhada. E quando se fala destas duas coisas é o marinheiro que com uma navalha traçou a linha do destino na sua mão que nos vem à ideia. Já se sabe que começou por ser um personagem secundário no universo de Hugo Pratt. Apareceu pela primeira vez na "Balada do Mar Salgado" ( Sgt. Kirk nº1, 1967) onde Pandora era a heroína da história. Só a partir de 1970 é que se tornou mais famoso do que o seu criador. Sobre Corto Maltese existem inúmeras páginas na Internet. Mas um bom ponto de partida para qualquer fã, é o European Comics on the Web. Imperdível para os amantes da banda desenhada e também para os curiosos.

 

Gesta americana

"Fort Wheeling" foi a última obra de grande fôlego assinada por Hugo Pratt, concluída pouco tempo antes da morte do artista italiano. Com a publicação pelas Éditions Casterman da segunda e última parte deste romance épico, encerra-se definitivamente um ciclo de aventuras de iniciação, vividas pelos pioneiros do Novo Mundo.

 

Segunda vida

Quem poderia dizer que em "O Último Voo", uma emotiva homenagem ao escritor e aviador Saint-Éxupery desaparecido há meio século algures no Mediterrâneo, os sinos já tinham começado a dobrar por Hugo Pratt? E, contudo, foi preciso passar pela surpresa e estupefacção de saber, no Verão passado, que o criador de Corto Maltese tinha partido, para nos darmos conta de que aquela obra era, em todos os sentidos, o seu testamento filosófico. Ou, pelo menos, um ajuste de contas final do autor consigo mesmo, a sua vida terrena e aquilo que, muito possivelmente, ele já sabia que estava a chegar.

 

Milo Manara entrevistado pelo PÚBLICO

O homem que adorou Pratt e Fellini
As mulheres e o erotismo são o rosto popular do artista. Hugo Pratt e Fellini são os deuses com quem teve a fortuna de trabalhar. Com estas duas metades compõe-se a obra de Milo Manara, o autor italiano de banda desenhada que um dia foi à presença dos mestres. Eles estão mortos, mas não na memória nem na vida do artista.

 

A morte de Hugo Pratt, o criador de Corto Maltese

"Descobri o que Ú a morte"
Apenas Pratt poderia ser pai de Corto: os seus 68 anos de vida são mais intensos do que os do marinheiro solitário. São, pelo menos, reais. Ou não? Aprendemos com ambos que "a verdadeira vida é um sonho". Morreu domingo. Balada de um pilar da maioridade da BD.

 

Morreu Hugo Pratt

O conhecido desenhador e escritor italiano Hugo Pratt, criador do personagem de banda desenhada Corto Maltese, morreu ontem com 68 anos, numa clínica próxima de Lausanne, Suiça, anunciaram os familiares do autor. Nascido em Rimini em 1927, Pratt passou a infância na Etiópia e viveu quatro anos na Argentina. Foram anos loucos, o tango, a ditadura política peronista e paixões intensas.

 

Duas surpresas

Os meandros da edição de banda desenhada em Portugal têm destas coisas: de uma assentada, a Meribérica-Liber coloca no mercado dois álbuns cujos lançamentos originários decorreram há escasso tempo. ...

 

A morte inexistente

Meio século após o desaparecimento, algures no Mediterrâneo, de Saint-Exupéry, Hugo Pratt escreve e desenha uma emotiva homenagem ao aviador e escritor francês. "Le Dernier Vol" (Éditions Casterman) é uma daquelas histórias que não deixam indiferente quem a lê. É também a oportunidade para reencontrar um criador de eleição num dos seus melhores voos dos últimos anos.

 

Nos mares do sul

"O que me fascina [na obra de Hugo Pratt] é ser um verdadeiro romance em imagens e, portanto, todo o trabalho que ele faz com o desenho. Pegue-se, por exemplo, na 'Fábula de Veneza': pois bem, é uma Veneza inteiramente revisitada, à imagem da de Thomas Mann ou de Visconti. Eis o que é, para mim, a banda desenhada."

 

História do Sul

A leitura do mais recente romance de Hugo Pratt e Milo Manara vem confirmar até que ponto é injusta a imagem deste último apenas como um autor erótico. "El Gaucho" é a saga inacabada de um velho branco com alma de índio, na Argentina do século passado.

 

Viagem ao fim da memória

Em Julho de 1967, a revista italiana "Sgt. Kirk" iniciava a publicação de uma banda desenhada destinada a cumprir um destino diferente. Tinha por título "Uma Balada do Mar Salgado" e era assinada por Hugo Pratt. O herói dessa história, Corto Maltese, comemorou há dias 25 anos de existência. O PÚBLICO entrevistou o seu criador, na Suíça, onde habitualmente descansa das muitas peregrinações pelo mundo. ...

 

Evocação de Lisboa e outras paisagens

Corto Maltese nunca esteve em Portugal, mas o mesmo não se pode dizer de Hugo Pratt, que visitou várias vezes Lisboa e outros locais do país. Em 1992, por ocasião do 25º aniversário do seu personagem, evocou para o PÚBLICO as suas reminiscências dessas incursões "Quando passei pela primeira vez por Lisboa, a caminho da Argentina, foi nos anos 50. Cheguei de barco, como era normal viajar naquele tempo. ...

 

Quem foi Hugo Pratt

Hugo Eugenio Pratt, filho único de Rolando Pratt e Eveline Genero, nasceu no dia 15 de Junho de 1927 na praia de Lido di Ravenna, perto de Rimini (Itália), onde os pais estavam de férias. As suas primeiras leituras, por volta dos sete anos, vão para Homero e outras obras épicas, mas também para a BD de aventuras - em particular, a série Tim Tyler's Luck, do americano Lyman Young, que relata as aventuras de dois jovens em África. ...

 

Um herói solar pelos caminhos do mundo

Entre a primeira aparição no Pacífico Sul e a deambulação pelo território mítico da Atlântida dista um imenso tempo de viagem e aventura que Corto Maltese, a imortal criação do italiano Hugo Pratt, vai preencher de forma intensa ...

 

Quem é Corto Maltese

Corto Maltese nasceu em La Valetta (Malta) em 1886, de pai inglês (Cornualha) e mãe espanhola (andaluza, a residir em Gibraltar). Tem nacionalidade britânica e domicílio em Antígua, nas Antilhas Inglesas. Marinheiro de profissão, solteiro, tem 1,87 m de altura, olhos negros e exibe um brinco na orelha esquerda. A sua biografia é difícil de estabelecer, tantas são as zonas de mistério e sombra. ...

 

Corto Maltese às segundas no Publico

A banda desenhada de qualidade está de regresso ao PÚBLICO com as aventuras de Corto Maltese, a genial criação do italiano Hugo Pratt. A partir de 20 de Setembro de 2004 e durante 16 semanas, os leitores podem acompanhar a par e passo as deambulações do marinheiro de Malta pelos quatro cantos do mundo, da Irlanda à América Central e do Sul, de Veneza a Samarcanda, de Buenos Aires à Sibéria, do Oceano Pacífi co ao mítico continente perdido da Atlântida. Os álbuns deste clássico da banda desenhada mundial respeitam a edição original da série, a preto e branco, e têm capas realizadas expressamente para esta colecção.